A movimentação nos aeroportos administrados pela Infraero no Brasil deve ter um movimento muito maior que o observado no ano passado, na primeira fase da pandemia de COVID-19 no Brasil. Segundo a empresa estatal, a taxa de crescimento estimada para os próximos cinco dias supera os 1.000%

Os 32 aeroportos da Rede Infraero com voos comerciais regulares devem receber 309.002 passageiros durante a Páscoa, entre os dias 1º e 5 de abril de 2021. O número é 1021% maior em relação ao movimento do ano passado, quando 27.574 pessoas embarcaram e desembarcaram nos terminais da empresa, entre os dias 9 e 13 de abril de 2020. Estão previstos também 2.641 pousos e decolagens no período, 632% superior em relação aos 361 voos realizados em 2020.

A projeção foi calculada a partir das programações informadas pelas empresas aéreas e comparou o estimado para 2021 com o mesmo período de 2020, quando houve uma forte redução nas atividades em função do início da pandemia do novo coronavírus.

Ao todo, os aeroportos administrados pela Infraero com voos comerciais regulares respondem por 29% da circulação de passageiros e aeronaves no País. A estatal recomenda que os passageiros que precisam viajar cheguem ao aeroporto com antecedência mínima de 1h30 para voos domésticos e 3h para voos internacionais.

COVID-19

A empresa destaca que tem adotado as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre distanciamento social, uso de máscara e higienização das mãos dentro dos terminais, que estão sinalizados, e tem veiculado mensagens audiovisuais. Essas recomendações também estão no site da Infraero.

Também foram reforçadas as medidas de segurança e fluidez nas operações e no funcionamento de toda infraestrutura aeroportuária nesta época do ano. O objetivo é manter os níveis de conforto e a segurança de passageiros, operadores aéreos e demais usuários dos aeroportos.

O atendimento e a orientação aos viajantes também contam com os “amarelinhos” da Infraero: funcionários de colete amarelo com a frase “Posso Ajudar/May I Help You?” estarão usando equipamentos de proteção individual e prontos para auxiliar as pessoas que chegam e partem nos terminais.

Fonte: Aeroin 31/03/2021

  : aviacao-comercial, brasil