A companhia aérea regional MAP com forte atuação no Norte do país, anunciou que tem interesse em disputar os slots disponíveis no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e que pertenciam à Avianca, empresa em recuperação judicial desde dezembro. A MAP tem seis anos de atuação no mercado e opera voos para 14 cidades dos estados do Amazonas e Pará.

A transportadora considera que os critérios estabelecidos pela ANAC favorecem o consumidor, que terá mais opções de operadoras atuando, além de garantir a competitividade saudável do mercado de aviação e ressalta que aguarda o andamento do processo de distribuição dos horários, mas que tem total interesse em expandir sua atuação para outras regiões do país.

Fonte: Flap Internacional 26/07/2019

 

 

  : aviacao-comercial, brasil