A startup alemã Volocopter passou a aceitar reservas para voos em seu veículo aéreo de 18 rotores. A empresa não informou onde serão feitos os voos, mas que eles serão realizados "dentro de 12 meses". O lançamento comercial do veículo está marcado para "entre dois e três anos".

O Volocopter 2X já foi testado em Singapura, Helsinque (Finlândia), Dubai (Emirados Árabes Unidos) e em sua sede em Bruchsal, Alemanha. Os ingressos custam 300 euros (aproximadamente R$ 1.858 na cotação atual) e podem ser reservados com um depósito de 10%. Apenas 1.000 reservas de pré-venda serão disponibilizadas. O voo terá apenas 15 minutos de duração, totalizando 20 euros por minuto.

A aeronave é equipada com 18 rotores em volta de sua estrutura, mas é projetada para levar apenas um passageiro por vez. Seu foco é trafegar por curtas distâncias em cidades, em vez de fazer viagens entre cidades.

No ano passado, a empresa levantou 50 milhões de euros (R$ 289,4 milhões) em financiamentos. Os aportes foram liderados pela chinesa Geely, dona da Volvo. Outros investidores importantes são a Daimler, dona da Mercedes-Benz, e a Intel.

O protótipo da Volocopter possui um tempo de voo de 30 minutos e um alcance máximo de 27 km. A empresa diz que as baterias podem ser trocadas rapidamente para compensar esses números.

Fonte: Uol 16/09/2020

  : aviacao-executiva, aviacao-geral, internacional