A Embraer entregou o jato executivo de número 1.500, nesta sexta-feira (3). A média para que o marco aconteça no mercado é de 34 anos, mas a fabricante conseguiu fazê-lo em menos de duas décadas.

A aeronave símbolo deste feito é um Phenom 300E que foi entregue à suíça Haute Aviation, que atua no fretamento, revenda e gerenciamento de frotas. A empresa optou pelo modelo em busca de diversificação de portfólio, que inclui um turboélice monomotor e uma aeronave de longo alcance.

“Acreditamos que uma aeronave a jato bimotor irá agradar aos nossos passageiros que preferem não voar em uma aeronave monomotor, oferecendo alto desempenho sem comprometer o alcance e a capacidade de carga útil”, segundo a Chefe de Marketing e Comunicação da Haute Aviation, Catherine Tamagni.

Segundo a Embraer, os negócios de aviação executiva acumulam uma taxa de crescimento anual de 22% desde 2002, quando o primeiro modelo de jato executivo foi entregue. Em 2020, um em cada quatro jatos de pequeno e médio porte entregues no mundo era da família Phenom ou Praetor.

Fonte: Aeromagazine 03/09/2021

  : aviacao-executiva, brasil