A Agência Europeia de Segurança da Aviação, a EASA, estabeleceu quais os dias em que vai começar a realizar os voos para avaliar os novos sistemas do Boeing 737 MAX. Em um primeiro momento serão feitos voos no simulador em Londres.

Os testes com a aeronave deverão começar no dia 7 de setembro em Vancouver no Canadá. Em Londres haverá uma reunião com o Comitê e Avaliação de Operações Conjuntas, um grupo composto por pilotos de companhias que operam o 737 MAX que está avaliando o treinamento da tripulação.

Segundo a EASA, essa reunião deverá acontecer na semana do dia 14 de setembro.

“Embora a Boeing ainda tenha algumas ações finais para fechar, a EASA julga que a maturidade geral do processo de redesenho é agora suficiente para prosseguir com os testes de voo”, afirma o regulador europeu.

Antes de remover sua certificação em março de 2019, a EASA havia certificado a aeronave da variante -8 MAX em 2017, e no ano seguinte o -9 MAX. O órgão regulador afirma que tem trabalhado em conjunto com a Boeing e a FAA para obter sucesso e garantir a segurança da aeronave na volta as operações.

A EASA reforça que somente fará a certificação do modelo novamente quando estiver totalmente segura das condições operacionais.

Fonte: Aeroflap 27/08/2020

  : aviacao-comercial, internacional