A Azul acaba de anunciar os resultados preliminares de tráfego do mês de junho de 2021. O tráfego doméstico de passageiros (RPKs) recuperou 96,6% dos níveis de 2019, enquanto a capacidade doméstica (ASKs) retomou 101%, resultando em uma taxa de ocupação de 79%.

No internacional, a companhia registrou uma taxa de ocupação de 52% em comparação com a de 74,3% em junho do ano passado e de 87,8% no mesmo mês em 2019. Isso corresponde a uma diminuição de 22,3 pontos percentuais e 35,8 pontos percentuais, respectivamente.

“Nos últimos meses demonstramos na prática a força e singularidade do nosso modelo de negócio. Com os esforços contínuos para a vacinação no Brasil, a demanda doméstica já está nos níveis de 2019 e atingimos nosso recorde, voando para 120 destinos. Continuamos reconstruindo nossa malha, enquanto mantemos nossa expansão de margem e desenvolvemos nosso negócio de logística”, diz o CEO da aérea, John Rodgerson.

Fonte: Panrotas 12/07/2021

  : aviacao-comercial, brasil