A Airbus confirmou nesta quinta-feira (09/01) os rumores sobre a ampliação da sua produção de aeronaves nos Estados Unidos, onde a empresa já produz aeronaves da família A320neo e A220.

O plano faz parte da meta da Airbus de produzir até 63 aviões da família A320 por mês, em 2021.

A Airbus vai aumentar a produção de aeronaves A320 nos Estados Unidos, a partir da sua linha de montagem final em Mobile, no Alabama, aumentando de quatro para sete aviões produzidos por mês.

A fabricante também investirá outros US$ 40 milhões através da construção de um hangar adicional de suporte à produção no local, elevando seu investimento total a mais de US$ 1 bilhão

Esse aumento e o recrutamento de mais funcionários para a fabricação do A220 resultarão em mais 275 empregos adicionados nas instalações do Alabama no próximo ano. 

A meta é que Mobile produza 130 aviões por ano, para atender especificamente às companhias aéreas da América do Norte. Desses, 84 aviões são da família A320neo.

Apesar da definição firme em relação ao A320, até mesmo pela comunalidade da linha de montagem já existente, a Airbus ainda está estudando em qual local instalar a linha de montagem final do A350XWB. Em seu comunicado para a imprensa, a Airbus não declarou mais informações sobre ampliar a fabricação do A220 no Canadá, ou iniciar a produção do A350XWB na América do Norte.

O A350XWB é montado em Toulouse (França), com produção de 10 aeronaves por mês.

Entre suas instalações nos EUA, a Airbus possui: centros de engenharia no Kansas e no Alabama; uma importante instalação de treinamento na Flórida e em breve uma no Colorado; suporte de materiais e sede na Virgínia; uma linha de montagem da Família A320 que entrega aeronaves no Alabama; um escritório focado em inovações (A3) na Califórnia; um negócio de análise de dados por drones (Airbus Aerial) em Atlanta, Geórgia; instalações de fabricação e montagem de helicópteros no Texas e no Mississippi; e uma instalação de fabricação de satélites (OneWeb), na Flórida.

Ao todo a Airbus emprega aproximadamente 4.000 pessoas em 38 locais de 16 estados dos EUA.

A American Airlines, JetBlue, United e Delta Airlines têm grandes quantias de aviões da Airbus encomendados, e devem receber essas aeronaves durante esta nova década, a maior parte produzidos em Mobile, nos EUA.

Fonte: Aeroflap 09/01/2020

  : aviacao-comercial, internacional