Com o lançamento de uma série de componentes de demonstração para um futuro motor turboeixo de 2.000 HP para a aviação geral, a Pratt&Whitney Canada acenou com o projeto de um motor turbo-hélice de próxima geração. A ideia é que o novo modelo perdure por vários anos, mas a empresa ainda não definiu cronograma, tampouco uma data de possível entrada em serviço. 

Durante a NBAA, a empresa não se comprometeu totalmente com o projeto, mas tornou claro que o conceito está evoluindo em âmbito interno.

O novo motor iria competir com um turbo-hélice avançado (ATP) que está sendo desenvolvido pela GE Aviation para o monomotor Cessna Denali da Textron, segmento ocupado atualmente pelo Pilatus PC-12NG e a família TBM, da Daher.

Assim, a P&WC está se aprofundando em múltiplas tecnologias avançadas para o segmento turbo-hélice, como controles eletrônicos integrados para hélice e motor, uma das metas prioritárias. O que deve, segundo a PW&C, “criar um novo mercado diante do desenvolvimento de um novo sistema de propulsão, antes inexistente”. 

Fonte: Aero Magazine 12/10/2017

 

 

 

  : aviacao-geral, internacional