A Embraer acaba de anunciar um novo avião em seu portfólio. Na verdade, é um versão aprimorada do jato Phenom 300. Anunciado na edição de 2017 da NBAA-BACE (National Business Aviation Association’s Business Aviation Conference and Exhibition), o Phenom 300E recebeu novo interior e também novos sistemas tanto de entretenimento de bordo como de gerenciamento da cabine de passageiros, da Lufthansa Technik. O novo avião faz sua primeira aparição pública na exposição estática da NBAA-BACE.

Originalmente lançado em 2005, o Phenom 300 entrou no mercado em 2008. A Embraer já entregou mais de 400 unidades em quase 40 países. Desde 2013, é o avião de negócios mais entregue do mercado, segundo a GAMA (entidade que congreaga os principais fabricantes da aviação geral). A Embraer espera iniciar as entregas do Phenom 300E no primeiro trimestre de 2018.

O novo design do Phenom 300E resultou em uma cabine maior. Com encosto mais largo, os novos assentos trazem suporte para a cabeça e apoio do braço retrátil, além de nova mesa, superfície lateral, paredes e teto. Eles serão fabricados pela Embraer em Titusville, nos Estados Unidos.

Outra novidade é painel centralizado ao longo do teto da cabine. Ele exibe informações do voo aos passageiros e oferece interação com controles da cabine, bem como a opção de entretenimento com áudio e vídeo sob demanda em dois monitores retráteis de sete polegadas. 

Single-pilot, o Phenom 300E tem velocidade máxima de cruzeiro de 453 nós (839 km/h) e um alcance de 3.650 quilômetros (1,971 milhas náuticas) com seis ocupantes nas condições chamadas NBAA IFR. O novo jato voa a uma altitude de 45 mil pés (13.716 metros), propulsionada por dois motores Pratt & Whitney Canada PW535E, com 3.360 libras de empuxo cada.

A cabine é projetda em parceria com o BMW Group DesignworksUSA. A pressurização de cabine garante a sensação de altitude máxima de 6.600 pés, segundo a Embraer. Além disso, o Phenom 300E oferece zonas de temperatura distintas para pilotos e passageiros, galley, toalete, opções de comunicação de voz e de dados e um sistema de entretenimento.

Fonte: Aero Magazine 09/10/2017

 

 

 

  : aviacao-executiva, brasil, internacional